• Catarina Correia - Especialista em MTC

O que esperar numa consulta de Medicina Tradicional Chinesa?


Apesar de cada vez mais a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) estar mais difusa, ainda chegam pessoas ao meu consultório com muitas dúvidas do que acontece numa consulta.

Em primeiro lugar a questão que mais se coloca é:

Quem é o profissional de saúde que exerce MTC?

Em Portugal, a legislação em vigor ainda não se encontra concluída sobre esta matéria. [Assim que as respetivas portarias estejam em DR falarei sobre este tema mais aprofundadamente.] Neste momento, os cursos considerados credíveis apresentam uma duração formativa de 4 a 5 anos. No entanto, devido à lacuna existente na lei, muitas formações de curta duração – desde 1, 6 ou 12 meses - estão no mercado, originando profissionais mal qualificados nesta área.

É muito importante certificar-se que o profissional que escolheu para tratá-lo tem a formação adequada e é na verdade especialista em MTC.

Posto isto, o profissional de MTC vai funcionar como o seu médico de família, mas com uma visão oriental e holistica sobre a doença.

A quem se destina a consulta de MTC?

A toda a população. Não se esqueça que a MTC é como se fosse uma medicina geral com visão oriental. A MTC acredita que a patologia antes de se tornar física se manifesta no campo energético da pessoa. Por isso, mesmo sendo aparentemente saudável deverá realizar uma consulta generalista de forma a prevenir ou intervir caso seja necessário.

“Esperar ficar doente para procurar o médico é como esperar ter sede para começar a cavar o poço.” Imperador Amarelo

Se já apresenta uma doença vá o mais rápido possível ao seu profissional de MTC. Quanto mais cedo a intervenção menor será o tempo de duração do tratamento.

Qual a diferença entre uma consulta de MTC e um tratamento de acupuntura?

Primeiramente é necessário perceber o que é a MTC para depois conseguir entender a diferença entre uma coisa e outra.

A MTC é uma medicina milenar originária da china e contempla várias práticas terapêuticas. Apresenta uma visão holística sobre o corpo, o que significa que ao contrário do que acontece na medicina ocidental, a MTC não reparte o corpo por áreas específicas (vou explorar este conceito num outro post, fiquem atentos!). No entanto recorre a vários métodos de tratamento, que passo a citar:

* Farmacopeia chinesa – trata-se de suplementos que podem ser compostos por plantas, animais e minerais.

* Acupuntura – diz respeito a uma terapia que recorre à estimulação de pontos de meridianos, por forma a desencadear uma determinada resposta fisiológica ou energética.

* Tui-Nà – refere-se a massagem terapêutica chinesa, em alguns sítios é designado por osteopatia chinesa.

* Dietoterapia Chinesa ou Nutrição Energética – uso dos alimentos, segundo a teoria da MTC.

* Moxabustão – é uma terapia térmica, onde se recorre às propriedades de combustão da artemísia para penetrar nos pontos de acupuntura. Pode ser utilizada na forma de bastão, cone ou grão, direta ou indiretamente, carbonizada ou seca.

* Ventosaterapia – tal como o nome indica, é um método de sucção da pele por intermédio de ventosas.

* Chi Kung / Tai Chi - trata-se de práticas físicas e respiratórias.

Para além destes métodos, podem também ser utilizados outros, como por exemplo:

* Auriculoterapia – é uma terapia auricular que trabalha áreas reflexas por colocação de agulhas, esferas, lancetas na orelha.

* Gua Sha – é uma técnica que consiste na raspagem superficial da pele em partes específicas do corpo com uma espátula feita de pedra jade.

Percebendo o que é a MTC e as suas áreas de intervenção, fica mais fácil perceber que a diferença entre marcar uma consulta de MTC ou de acupuntura é no método de tratamento utilizado. Quando marca uma consulta de acupuntura, está a dizer ao profissional que apenas quer que ele recorra a este método para tratá-lo, e ele só fará acupuntura. Quando opta por marcar uma consulta de MTC o terapeuta é livre selecciona os métodos terapêuticos para tratar a patologia em questão. Portanto, poderá recorrer a um ou mais métodos que mencionei acima.

Como a maioria das pessoas não está esclarecida sobre estas diferenças, o terapeuta avalia se o paciente que marcou tratamento de acupuntura está esclarecido sobre as diferenças, e caso ache que não é o método de tratamento mais indicado, ele aconselha a consulta de MTC.

Atenção: alguns profissionais apenas tem competências em acupuntura, isto não significa que sejam terapeutas de MTC. No entanto, todos os profissionais com estudos em MTC têm competências em acupuntura.

Como é que o profissional de MTC vai avaliar e diagnosticar?

É realizada uma anamnese profunda ao paciente, onde se questiona patologias atuais, histórico familiar, medicação que toma, etc.

Convém levar os exames complementares de diagnóstico atuais ou passados que possua, mesmo que não consiga fazer relação entre um problema e outro, por exemplo: recorre à consulta de MTC devido a enxaqueca, e fez uma ecografia à 10 anos atrás que lhe indica que tem cálculos na vesícula biliar. Numa primeira impressão não vê relevância neste dado, mas para o profissional é de extrema importância e poderá estar intimamente relacionado. Relembro que a MTC tem uma visão holística sobre o corpo.

Para além disso, o profissional vai também observar a língua e o pulso, e questionar sobre a sua transpiração, fezes, urina, alimentação e as condições climatéricas com que mais se identifica (imaginemos: se tem uma dor, ela piora com o frio ou com a humidade?).

Feito isto, o profissional vai identificar a síndrome manifestada e elaborar um protocolo de tratamento.

Qual o valor médio por consulta/tratamento?

O preço das consultas, em Portugal, pode variar , pois não existe uma Ordem que estipule valores mínimos e máximos. Em média, a primeira consulta apresenta um valor superior às restantes, pois o tempo de duração é superior. Geralmente, o valor, ronda entre os 25.00€ e os 60.00€, podendo sempre atingir valores superiores.

O valor da consulta aumenta caso o profissional opte por mais do que um método de tratamento?

Por norma não. Eu, nas minhas consultas, não cobro nenhum valor extra por optar tratar aquele paciente com acupuntura + auriculoterapia + aconselhamento de farmacopeia chinesa, por exemplo. O valor da consulta é estipulado e tabelado, pelo que não acho correto cobrar mais só porque o paciente necessita de mais métodos terapêuticos.

No entanto, tenho conhecimento de algumas clínicas que cobram um extra por cada método de tratamento utilizado, pelo material despendido (como agulhas), etc. Cada sítio é livre de ser diferente e de ter métodos de trabalho diferentes. Por isso deverá questionar, previamente à consulta, sobre o funcionamento do estabelecimento em causa.

Qual a duração de uma consulta ou tratamento?

Como foi dito anteriormente, a primeira consulta tem uma duração superior às restantes podendo atingir 1:30h. Os tratamentos seguintes, em média, rondam os 40 a 60 minutos, dependendo dos métodos de tratamento utilizados para o caso.

Caso tenham questões, estejam à vontade para as colocarem!

#terapeuta #profissional #medicinachinesa #MTC #consultas #consulta #diagnóstico #oliveiradeazeméis #OAZ #emquecosniste #métodosdediagnóstico #métodosdetratamento #DiferençaentreMTCeAcupuntura #Oqueé #Medicina #medicinaalternativa #medicinatradicional #medicinanatural #acupunctura #profissionaldesaúde #MedicinaTradicionalChinesa #aveiro

94 visualizações

2020  C C Clínica - Oliveira de Azeméis, Portugal

www.ccclinica.com

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Twitter
i006571.png

HORÁRIO DE ABERTURA

Segunda a Sexta: 10:00 às 13:00 e das 15:00 às 20:00.

Sábados: mediante marcação

Dom: Fechado

 



Telefone: 256 107 915

Rua Santo António, Edf. S. Pedro 1011 

3720-091 Oliveira de Azeméis